pt-br 9:00 - 18:00 (UTC -3)
pt-br 9:00 - 18:00 (UTC -3)

Tudo que precisa saber sobre os zagueiros da nossa seleção

Seguindo com a nossa série sobre todos os guerreiros da nossa seleção, hoje trazemos para você uma apresentação dos zagueiros que defenderão a nossa seleção:

Miranda: natural de Paranavaí, Paraná, o nosso experiente zagueiro de 33 anos começou a sua carreira no Coritiba, em 2004, e um ano depois se transferiu para o Sochaux da França. De volta para o Brasil como atleta do São Paulo, entre 2006 e 2011, este ídolo são paulino foi peça fundamental na conquista do bicampeonato brasileiro, o que lhe garantiu  visibilidade e a transferência para grandes times do futebol europeu como Atlético de Madrid e Inter de Milão.

Atuando há 7 anos em alto nível na Europa, Miranda jogará neste ano a sua primeira Copa do Mundo e terá o maior desafio da sua carreira: trazer o HEXA!

Thiago Silva: remanescente dos “7×1”, Thiago Silva é um dos poucos jogadores que voltou a vestir a camisa verde e amarela, depois do vexame contra a Alemanha em 2014. Com diversas passagens pela seleção, o experiente zagueiro começou a sua carreira no Juventude, em 2005.  Devido à sua técnica, foi transferido para a Europa, passando por equipes como Porto e Dínamo de Moscou. De volta para o Brasil e atuando pelo Fluminense em 2007, a conquista da Copa do Brasil, pelo time das Laranjeiras, foi fundamental para atrair os olhares dos gigantes Milan e Paris Saint Germain, clubes onde pode se destacar e seguir construindo sua carreira de sucesso.

Marquinhos: natural de São Paulo, o mais jovem zagueiro da seleção brasileira (24), começou a sua carreira no Corinthians em 2012, sendo campeão da Copa Libertadores sob o comando do maestro Tite.  A partir de então, ganhou reconhecimento internacional até se mudar para a Roma e depois para o Paris Saint Germain, time que defende atualmente. Um aspecto positivo do jogador na seleção é o entrosamento, principalmente ao lembrar que o principal companheiro de PSG, Thiago Silva, é também o “Xerife” da nossa seleção!.

Geromel: diferentemente dos outros zagueiros da seleção, o paulista Pedro Geromel, de 32 anos, desenvolveu a maior parte da sua carreira na Europa, passando por times como Vitória de Portugal, Mallorca da Espanha e Colônia da Alemanha, até chegar ao Grêmio, em 2016, onde vem se destacando pelo seu grande futebol. Levando em consideração que os seus principais títulos foram a Copa Libertadores e a Copa do Brasil, conquistados recentemente no Grêmio, podemos dizer que este jogador está no auge da sua carreira,  podendo contribuir e muito na busca do HEXA!

Depois de conhecer a trajetória de cada um destes guerreiros, podemos dizer que não vai ser fácil passar pela defesa da nossa seleção. E podemos dizer que temos uma ou senão a melhor defesa deste mundial, tudo isto sem contar com o peso da nossa camisa e por ser um dos times mais temidos do maior torneio de futebol do planeta! Acompanhe o desempenho da nossa Seleção conosco, no Betmotion!