pt-bres 9:00 - 18:00 (UTC -3)
pt-bres 9:00 - 18:00 (UTC -3)

Como utilizar as redes sociais para aumentar as vendas

As redes sociais começaram como mais um meio de comunicação, fazendo com que pessoas de todo mundo ficassem conectadas. Quer dizer que, em princípio, tinham a função principal de gerar relações pessoais. Mas isso foi mudando com o passar do tempo. Agora, as redes sociais, mais do que um método de interação entre pessoas, para ter mais amizades, passaram a ser uma via de contato com objetivos comerciais. Então, vamos ver como utilizar as redes sociais para aumentar as vendas.

Redes sociais: influenciadores de compra?

Quando pensamos em redes sociais, a maioria das vezes, é pelo simples fato de aproveitar das suas vantagens comunicativas. Mas há várias considerações e dados interessantes que explicam a importância delas para gerar mais vendas.

As estatísticas indicam que, no ano de 2017, uma em cada três pessoas no mundo usaram alguma rede social. O que quer dizer que 2.48 bilhões de pessoas utilizam redes sociais. Então, se considerarmos esse número total, temos uma quantidade importante de pessoas às quais podemos chegar, com diferentes propósitos. Se quisermos segmentar esse público, considerando a rede preferida de todas as que existem, podemos ficar unicamente com o Facebook que, conforme os dados recolhidos, é o meio utilizado por 62% da população.

Já esse dado explica o motivo das redes sociais funcionarem como influenciadores no processo de compra. Antigamente, o maior influenciador era a televisão, mas tendo em mente o dado a seguir, com certeza, você mudará a perspectiva: os brasileiros utilizam cerca de 650 horas no mês em atividades nas redes sociais. Sendo 78% do público brasileiro usuário do Facebook. Imagine o quanto é possível influenciar nele, usando uma boa estratégia.

Por que as redes sociais?

Se falarmos de brasileiros, o primeiro motivo que argumenta o uso das redes é que eles permanecem, aproximadamente, 60% mais tempo do que a média navegando na Internet. Isso significa que, em relação ao resto do mundo, o tempo de exposição de um brasileiro comum é bem maior, o que aumenta significativamente as chances de convencê-lo para uma decisão de compra.

Além da quantidade de horas, há algo que é ainda mais importante. As pessoas não somente utilizam as redes, mas aproveitam para se expressar nelas, deixando transparecer suas ideologias, desejos, preferências, gostos e opiniões dos mais diversos temas. A transparência na informação divulgada, mesmo que inconscientemente, é fundamental para saber o que sua marca pode oferecer e de que maneira. Pois, baseado nas informações oferecidas pelas pessoas, é possível criar diferentes perfis de consumidores.

Essa troca de opiniões também serve para a formação de grupos que podemos chamar de “tribos modernas”. Os grupos vão se formando com relação a uma determinada marca ou produto e seus usuários vão estabelecendo vínculos entre eles. Ao criar uma campanha específica para esses grupos, as marcas sabem que estarão consolidando sua imagem e aumentando seu prestígio no mercado. Isto é, gera maior confiança, ganhando defensores a seu favor. Indiretamente, isso gera empatia da empresa com o público.

Quais as redes sociais mais importantes para os negócios?

Para gerar vendas, utilizamos as mesmas redes sociais que para uso pessoal. Porém é importante entender como utilizar cada uma delas, para aproveitar tudo de bom que podem nos oferecer. Além disso, vale lembrar que as redes também têm usos específicos para empresas, com ferramentas diferenciadas que permitem você direcionar melhor os esforços, mensurando depois o resultado disso.

– Facebook: o motivo que faz do Facebook uma ferramenta imprescindível para as vendas é que ele é o mais utilizado, por mais que seja difícil a entrega do conteúdo de forma orgânica. Assim você conseguirá divulgar o lançamento de novos produtos, mandar conteúdo relevante aos seguidores e, até mesmo, fornecer mais uma via de contato para suporte, dicas e sugestões. Para potencializar os anúncios, apresenta a ferramenta Facebook Ads.

– Instagram: por ser uma rede com muito visual, caracterizada pelo dinamismo, é ideal para provocar maior interação com o público, permitindo que ele conheça ao detalhe os seus produtos. Tendo também acesso a imagens, vídeos e tutoriais, com todas as atualizações, mudanças e lançamentos. O que deixa o público em um lugar privilegiado de conhecimento de produto. Da mesma maneira que no Facebook, encontramos o Instagram Ads para poder chegar a uma audiência maior.

– Twitter: devido à extensão permitida nas mensagens do Twitter, essa rede social serve fundamentalmente para interações rápidas. Por isso mesmo, também é uma boa opção para compartilhar fotos, vídeos e links para páginas. Isto é, usar o Twitter como um canal intermediário entre o público e a página principal do produto que você estiver oferecendo. Observando isso, podemos pensar no Twitter como uma ferramenta para chegar a outras pessoas e assim direcioná-las ao que realmente for o nosso foco.

– Pinterest: com esta rede podemos chegar a muitas pessoas, mas é importante lembrar que está focada em determinados perfis de consumidores. O que significa que será muito útil para nichos de mercado específicos, associados ao design, à decoração, à gastronomia e questões do tipo “faça você mesmo”. Para atrair tráfego, neste caso, você terá que criar o seu próprio board, no qual irá publicar imagens, tutoriais, artigos e infográficos. Podendo, também, incluir links de outras páginas de sua propriedade.

– LinkedIn: mesmo que seja uma rede social especificamente pensada para busca de profissionais, indiretamente pode servir para divulgação de marcas ou, em menor quantidade, de alguns produtos. Já que podemos encontrar especialistas de diferentes áreas, conseguindo um posicionamento sério e ficando assim como uma autoridade no mercado. Além de poder conseguir contatos úteis, representantes de nichos que forem do nosso interesse.

Dicas: o que não pode esquecer?

Cada rede social tem suas próprias características e regras para compartilhamento e divulgação de conteúdo. Porém, há determinadas considerações que podem, e devem, ser levadas a sério para que elas cumpram o objetivo de aumentar as vendas.

– Crie conteúdo de qualidade: seja no formato que for, o importante é que em todos o conteúdo seja relevante para os consumidores, pois cada marca precisa se diferenciar em meio de tantas ofertas que aparecem o tempo todo. Duas características fundamentais deverão ter os seus conteúdos. A primeira é que devem ser verdadeiramente importantes para o público. E a segunda é que sejam exclusivos. De alguma maneira, a diferenciação deve ser tão boa ao ponto de que você ofereça algo completamente diferente dos outros anunciantes. Cabe destacar que isso se aplica tanto para o conteúdo escrito quanto para as imagens. Pense que, além disso tudo, o conteúdo deve influenciar as interações

– Foque em grupos e comunidades: todo tipo de grupo que se formar, dentro de uma rede social, é uma excelente oportunidade comercial, já que, parte do seu trabalho de segmentação estará previamente feito. Isso porque as pessoas aderem a grupos nos quais se sentem identificados, seja por aspectos geográficos, gostos ou interesses de temáticas. Então você irá divulgar diretamente a uma determinada audiência.

– Fique atento ao meio mobile: todo dia, a plataforma desktop vai perdendo mais público e ele, por sua vez, vai adotando cada dia mais as plataformas mobile. Uma realidade é que os potenciais clientes ficam muito tempo fora de suas casas e, mesmo estando nelas, optam pela conexão mais prática que é a mobile. Acredita-se que cerca de 90% dos acessos aos sites ocorrem através de dispositivos móveis. Então, se o nosso objetivo é estar onde o cliente está, necessariamente, temos que adaptar nossos blogs, sites e outras plataformas ao meio mobile. O que exige a criação de conteúdos responsivos.

– Seja consistente: coloque postagens de forma consistente, isto é, com determinada regularidade e que sejam assuntos relevantes, na hora de postá-los. Para o que recomendamos fazer o devido planejamento.
Consiga feedbacks: utilize as redes não somente para vender, mas para observar o comportamento do público, as apreciações que ele faz do produto, as sugestões e até reclamações. Depois, utilize essa informação para trabalhar nas suas estratégias.

– Conecte e interaja com o público: não esqueça o meio no qual está tentando vender. Por serem redes sociais, surgirão conversas, comentários, pessoas virão a tirar dúvidas e utilizarão o meio como um canal de comunicação permanente. Aproveite essas oportunidades para transmitir a seus clientes uma boa imagem da marca e conheça mais a fundo o que eles querem.

Marcar presença nas redes sociais é verdadeiramente importante para o posicionamento, reconhecimento e prestígio de uma marca. Além de ser um influenciador no processo de compra, pois consegue chegar aos consumidores em tempo. E você está usando redes sociais? Agora que você sabe como utilizar as redes sociais para aumentar as vendas, faça delas suas maiores aliadas.

Se você ainda não é o nosso afiliado, não espere mais. Cadastre-se no nosso site e faça parte da nossa equipe.